Bem Vindo ao Super Web

Para poder ter acesso e participar por completo do fórum
Você precisa se cadastrar

Atenciosamente
Administração

Mudamos de Endereço! Visite agora mesmo
a nossa nova página na web:


www.interativo.forumeiros.net

    Tem início o processo de eliminação de lâmpadas incandescentes na União Europeia

    Compartilhe

    MarianaMartins
    Moderador
    Moderador

    Sexo : Feminino
    Mensagens : 565
    Pontos : 1029
    Reputação : 18
    Data de nascimento : 02/04/1995
    Idade : 22
    Data de inscrição : 13/08/2009
    Mozilla 3

    Tem início o processo de eliminação de lâmpadas incandescentes na União Europeia

    Mensagem por MarianaMartins em Seg Ago 31, 2009 8:19 am

    A
    partir de amanhã deixarão de existir nas prateleiras dos supermercados
    as lâmpadas incandescentes de 100W, o início de um processo que
    pretende que, em 2012, todas as lâmpadas disponíveis no mercado sejam
    economizadoras.




    A
    eliminação progressiva das lâmpadas incandescentes do mercado na EU foi
    aprovada em Dezembro de 2008, estando previsto que a partir de 1 de
    Setembro próximo já não se estejam disponíveis para compra as lâmpadas
    incandescentes de mais de 75W. Um ano depois será a vez de serem
    retiradas do mercado as lâmpadas do mesmo tipo de mais de 65W, sendo
    que em 2012 as lâmpadas incandescentes deixarão de ser vendidas.



    A escolha dos consumidores vai recair
    agora num de dois outros tipos de lâmpadas – fluorescentes compactas de
    longa duração e de halogéneo. As primeiras poupam cerca de 75% de
    energia relativamente às incandescentes e as segundas entre 25% e 50%.

    As lâmpadas economizadoras são, no
    entanto, mais dispendiosas e há receios de que possam ser prejudiciais
    à saúde, embora a União Europeia o tenha negado. De acordo com um
    documento de trabalho do executivo comunitário as lâmpadas
    fluorescentes compactas contêm pequenas quantidades de mercúrio e
    emitem luz ultravioleta que, em determinadas circunstâncias, podem ser
    prejudiciais para pessoas com determinadas sensibilidades. No entanto,
    no mesmo relatório pode ler-se também que o uso “normal” destas
    lâmpadas não tem efeitos negativos na saúde.



    Outra das particularidades das lâmpadas
    economizadoras tem a ver com a sua eliminação terminado o seu período
    de vida útil. Ao contrário das lâmpadas incandescentes este tipo de
    lâmpadas não pode ser deitado no lixo devendo ser entregue no local de
    compra para ser reencaminhado para reciclagem, o que vem ao encontro da
    actual filosofia de valorização dos resíduos.


    _________________



    Qualquer questão ou dúvida que tenhas sobre o fórum manda PM e responderei-te (;




    Adiciona o grupo do SuperWeb: group180277@groupsim.com

    (x

      Data/hora atual: Sab Jul 22, 2017 5:54 am