Bem Vindo ao Super Web

Para poder ter acesso e participar por completo do fórum
Você precisa se cadastrar

Atenciosamente
Administração

Mudamos de Endereço! Visite agora mesmo
a nossa nova página na web:


www.interativo.forumeiros.net

    Morte de Michael Jackson foi homicídio

    Compartilhe

    MarianaMartins
    Moderador
    Moderador

    Sexo : Feminino
    Mensagens : 565
    Pontos : 1029
    Reputação : 18
    Data de nascimento : 02/04/1995
    Idade : 22
    Data de inscrição : 13/08/2009
    Mozilla 3

    Morte de Michael Jackson foi homicídio

    Mensagem por MarianaMartins em Ter Ago 25, 2009 10:00 am

    Cantor foi vítima de uma dose fatal de Propofol


    Os exames toxicológicos realizados ao corpo de Michael Jackson
    revelaram como causa da morte uma combinação letal de medicamentos,
    principalmente Propofol. As conclusões da autópsia conduzida em Los
    Angeles foram conhecidas quando o documento, apenso a um mandado de
    buscas, foi revelado em Houston, no Texas. Está assim aberto o caminho
    para o médico ser acusado de homicídio.

    Segundo a Associated Press e a Reuters, a justiça californiana
    classifica a morte de Jackson, a 25 de Junho, como «homicídio». As
    buscas centram-se agora nas propriedades de Conrad Murray, o médico
    particular da estrela pop. Segundo o documento agora
    revelado, Murray disse às autoridades que administrava Propofol ao
    cantor como tratamento contra as insónias nas seis semanas que
    antecederam o falecimento, sem assinar qualquer receita ou autorização
    de compra do fármaco. Durante os
    interrogatórios, o médico explicou que Michael Jackson estaria
    «viciado» em Propofol, e que Murray tentava reduzir a dose todos os
    dias. Dia 23 de Junho, Murray terá injectado no cantor uma dose menor
    de Propofol, de 25 miligramas, e de outros dois sedativos (Lorazepam e
    Midazolam). Na
    noite do falecimento, Murray tentou adormecer Jackson apenas com
    Valium, cerca da uma da manhã. Sem sucesso, administrou-lhe Lorazepam
    às 2h. Segundo os médicos legistas, às 3h, o médico injectou-lhe
    Midazolam. Até às 10h40, Conrad Murray administrou várias substâncias
    para o cantor dormir. Jackson terá então pedido o Propofol. O médico
    administrou a substância e deixou o paciente sozinho para realizar
    algumas chamadas telefónicas, acto classificado como «negligente» pelas
    autoridades, tanto mais que estas chamadas duraram 47 minutos. Quando o
    médico voltou ao quarto, Jackson estava inanimado. Murray terá tentado
    reanimar o cantor até os serviços de emergência chegarem ao local, mas
    sem sucesso. Conrad Murray
    declarou às autoridades que não terá sido o primeiro médico a
    administrar Propofol a Michael Jackson. Razão pela qual os médicos
    Arnold Klein, Allan Metzger e David Adams também estão a ser
    investigados.


    _________________



    Qualquer questão ou dúvida que tenhas sobre o fórum manda PM e responderei-te (;




    Adiciona o grupo do SuperWeb: group180277@groupsim.com

    (x
    avatar
    kolseuvis
    Administrador
    Administrador

    Sexo : Masculino
    Mensagens : 625
    Pontos : 897
    Reputação : 2
    Data de nascimento : 04/02/1992
    Localização : Brasil
    Emprego/lazer : Estudante
    Humor : Sempre que conectado, feliz !
    Idade : 25
    Data de inscrição : 13/08/2009
    Mozilla 3

    Re: Morte de Michael Jackson foi homicídio

    Mensagem por kolseuvis em Ter Ago 25, 2009 5:09 pm

    Acho que isso todo mundo sabia desde o inicio !
    Coitado do cara... nao merecia isso

      Data/hora atual: Qua Nov 22, 2017 5:06 pm